Metas de estudo no Enem: Como e por que aplicá-las?

Você já aplicou metas no seu estudo? Saiba como elas podem te ajudar a acompanhar o desenvolvimento do seu estudo e motivar o seu cronograma

Conhece alguém que pode achar esse conteúdo interessante? Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on pinterest

O que são metas?

Antes de falarmos de metas no estudo, é importante definirmos o que são metas. Sendo assim, metas são ações que precisam ser realizadas durante um período de tempo para se alcançar um objetivo final. São elas que te permitirão avaliar o quão próximo você está dele e vão te ajudar a ter disciplina, motivação e um direcionamento. Ou seja, se o seu objetivo final é passar no Enem, quais são as ações que você pode criar para chegar lá?

Mas não basta você criar metas aleatórias, você precisa se basear em alguns princípios para que elas sejam eficazes e você consiga realizá-las. Para isso, podemos utilizar a teoria do estabelecimento de metas de Edwin Locke e Gary Latham. Segundo eles, sua meta precisa ser clara, desafiante, mensurável e possível de ser executada.

Caso sua meta não seja clara, você não irá saber o que precisa ser feito. Se for algo que você conquiste fácil, você não se sentirá motivado quando bate-lá. Se não for mensurável, você não saberá se a atingiu e se não for possível de executar ficará apenas no campo dos sonhos.

Por exemplo, estudar todos os conteúdos do Enem em uma semana. Você acha que essa meta é possível ou impossível?

metas de estudo e cronograma de estudo

Utilize metas no seu estudo para o Enem

”Se você não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve”

Alice no país das maravilhas, Lewis Carroll.

Você já ouviu ou leu essa frase? Quando você estuda, você sente que está fazendo a mesma coisa e não sabe para onde está indo? É justamente isso que queremos lhe dizer. Se você não coloca metas na sua vida, você não sabe se está próximo de alcançar o seu objetivo e fica, cada vez mais desmotivado e sem direcionamento.

Leia também: Corrigindo problemas pessoais inimigos do aprendizado

Agora pense nos seus objetivos. Você pode pensar em um objetivo global (passar no Enem) e objetivos secundários como: melhorar sua pontuação em determinada área, realizar questões mais rápido, fazer leituras de texto mais eficientes, fazer uma boa redação…

Esses objetivos secundários funcionarão como metas, pois, ao atingi-los, você estará mais próximo do objetivo global.

Unindo as metas ao seu cronograma

Se você tem um cronograma de estudos, você pode utilizá-lo como instrumento para criar suas metas. Sendo assim, analise seus dados, veja o que você tem mais dificuldade ou precisa melhorar.

Por exemplo, se você constuma errar muitas questões de um assunto importante de matemática, coloque como um objetivo: Aumentar a porcentagem de acertos nas questões do assunto X de 50% para 80% em dois meses. Para isso, vou fazer essas ações Y e Z, e, quando alcançar, chegarei no objetivo.

Leia também: Como saber se estou evoluindo nos estudos?

metas de estudo- metodologias

Entenda as metodologias e aplique no estudo

Uma das metodologias mais utilizadas quando se trata de metas é a estratégia Smart. Ela se parece, em vários aspectos, com os quesitos da teoria do estabelecimento de metas, citado acima. Sendo assim, sua meta precisa ser específica, mensurável, atingível, relevante e temporizável.

Acertar 70% das questões de calorimetria até o fim do mês. 

Minha meta é específica, equivale a uma coisa só. Consigo medi-la, preciso acertar sete de dez questoes. É atingível, posso realizá-la, e é temporizável, consigo determinar o prazo. 

Além desta, outra estratégia é a Objetivos e Resultados-Chave (OKR). Ela é utilizada para o crescimento de empresas como a Google, a Uber, o Twitter. Para colocá-la em prática, você precisa de um objetivo que será medido por resultados específicos.

Por exemplo, o objetivo fazer uma boa redação pode ser medido pelos resultados-chaves: Atingir uma nota acima de 800 pontos, conseguir completar a pontuação máxima em quatro das cinco competências, definir a tese e identificá-la com facilidade no texto, construir uma proposta de intervenção que englobe o que deve ser feito, por quem, como, o objetivo e um complemento.

Além disso, você também pode :

  • Dividir as metas por ordem: Classifique suas metas em principais, secundárias e terciárias.
  • Dividir as metas por tempo:  Classifique suas metas em curto, médio e longo prazo.

Lembre-se: As metas são como uma escada, um degrau leva ao outro, então você precisa ir se preparando para chegar no degrau mais alto.

metas de estudo- acompanhe e dicas

Não esqueça de acompanhar suas metas

Para você saber se a sua meta está resultando, você precisa acompanhá-la. Se você definiu um objetivo, você pode analisar o que você já atingiu e a quantidade de tempo que precisou até esse ponto. Além disso, você pode analisar o grau de dificuldade que foi atingir aquela meta (1 a 10) e se você conseguiu cumpri-la .

À medida que você for avaliando o processo, você vai entender outros aspectos que atrapalharam ou ajudaram, como afinidade com a matéria, tempo maior ou menor de prazo, grau de dificuldade imposto. Com isso, você terá um maior conhecimento sobre você e como extrair o seu potencial máximo.

Dicas de apps para criar metas de estudo para o Enem

Resumindo, analise o seu cronograma e veja o que você precisa melhorar, estipule objetivos secundários que te possibilitarão chegar ao objetivo principal. Depois, crie metas que sejam específicas, possíveis de ser realizadas e que você consiga saber se está próximo ou não de realizá-las.

Para que você possa visualizá-las todos os dias e acompanhar o andamento, você pode escrevê-las em um caderno de metas, no seu planner, em post-its pregados na parede ou utilizar alguns apps, como:

  • Trello: No Trello, você pode criar vários cards com metas. Além disso, é possível fazer checklists, colocar prazos, acrescentar imagens e fazer observações sobre todo o processo.
  • Todoist: Nesse app, você pode definir suas metas diárias e semanais, além de ver em gráficos o desempenho da sua semana e onde você focou sua atenção.

Leia também: Por que um plano de estudos vai te ajudar a alcançar aprovaçao mais rápido?

Você já sabe quais serão suas metas de estudo? Conta para gente!

Mais conteúdo sobre o ENEM

Saiba como estudar sozinho para o ENEM
cronograma de estudos

Saiba como estudar sozinho para o Enem

Estudar sozinho para o Enem precisa de dedicação e foco. Mas com um cronograma adequado ao seu perfil e boas estratégias você vai conseguir arrasar no Enem!

Como estudar para medicina sozinho?

Como estudar sozinho para Medicina

Sabemos que estudar sozinho é um desafio, mas você pode contar com várias estratégias para conseguir se sair bem na preparação para o Enem! Dá uma olhada no que você pode fazer na sua jornada para a prova:

Melhore o seu desempenho no enem com o digrama de Ishikawa

Melhore o desempenho no Enem com o Ishikawa

Você já ouviu falar no Diagrama de Ishikawa? Se você ainda não sabe o que é, calma que vamos te explicar direitinho. Essa ferramenta pode te ajudar a identificar alguns problemas que possam estar te atrapalhando na preparação para a