Um homem e uma mulher organizando tarefas do plano de estudos em um grande quadro.

Por que um plano de estudos vai te ajudar a alcançar a aprovação mais rápido

O plano de estudos é a melhor maneira de organizar a sua rotina em direção ao Enem. Além de auxiliar no foco, concentração, disciplina, motivação e otimização de tempo, pois ele vai além do cronograma. O plano de estudos não compreende apenas dia, hora e matéria a ser estudada, ele é estrategicamente criado para ajudar você a estudar em menos tempo e aumentar seu rendimento, já que é totalmente feito com base na sua rotina e nas suas necessidades. Com ele, você saberá exatamente o que fazer e, assim conseguirá cumprir suas obrigações de maneira organizada sem deixar espaço para procrastinação. O plano de estudos é, sem dúvida, a maneira mais rápida de alcançar a aprovação no Enem.

O que é um plano de estudos

Montar um plano de estudos vai além de criar um cronograma para um período de tempo. Afinal, ter um plano envolve organizar a sua rotina para dedicá-la aos estudos e isso requer decidir os horários, com que materiais e ferramentas estudar, além de dar espaço para fazer revisões e questões. Isso porque acaba sendo um erro comum dos estudantes organizar toda a seleção de disciplinas da semana e acabar esquecendo de reservar tempo suficiente para resolução de questões e, principalmente, revisões. Mas vamos ver cada tópico com calma.

Pessoas segurando elementos que fazem referência à ideias e plano de estudos como papeis, lápis, lâmpadas, ideias e balões de fala.

Quando estudar

Primeiramente, é preciso compreender o tempo que você terá disponível para estudar por dia e em que período. Não quer dizer, no entanto, que você terá uma manhã, uma tarde ou uma noite completas para isso. Afinal, pode acontecer de você trabalhar das 9h às 17h e ficar com um tempo quebrado de estudo. É importante considerar seu tempo para que você possa decidir a forma como irá construir seu plano de estudos. Assim sendo, pode optar por organizar seus horários em um ciclo de estudos, que irá responder melhor às suas necessidades. Por fim, saber quanto tempo terá disponível é o passo primordial para você começar a se estruturar.

Quanto tempo estudar é uma pergunta que muitos estudantes se fazem. “Será que meu tempo só será válido se eu estudar, no mínimo, 4 horas por dia?”. Bem, não necessariamente. O importante é ter qualidade no seu tempo de estudo. Afinal, de nada adianta disponibilizar 8 horas por dia e não fazer revisões, nem resolver questões ou mesmo ficar se distraindo entre uma aba e outra do navegador ou no celular ao invés de focar no assunto do dia. Então, se você passa 2 horas no ônibus indo pra casa, utilize esse tempo em favor do seu plano de estudos. Aproveite para assistir a uma videoaula, ouvir um podcast, o que você achar que funciona melhor para você.

Leia também: Dicas imperdíveis para estudar por videoaulas

Ferramentas de estudo

Planejar os estudos também envolve a escolha de materiais e metodologias que você irá utilizar. Então, passe um tempo pesquisando sobre e escolha aquelas que mais se encaixam na sua rotina. Aqui no blog, nós já falamos sobre muitas dessas ferramentas de estudo, por isso aproveite para começar sua pesquisa por aqui.  Mas para você ter uma ideia, saiba que existem diversas maneiras de organizar seus estudos. Como falei acima, o ciclo de estudos é uma boa opção para quem tem rotinas que exigem flexibilidade. Outra maneira é organizar um quadro de horários, onde aquele em que são estabelecidas disciplinas em um horário específico, previamente determinado

é exatamente igual àquele horário da escola, cujas disciplinas são divididas em blocos de horas.

Além disso, você pode incluir ferramentas como o pomodoro, por exemplo, que é um método para gerenciar tempo aliando pausas e blocos de atividades e é, inclusive, uma ótima saída para manter o foco e a concentração. Construir mapas mentais e montar seus próprios resumos também são fundamentais para consolidar conhecimento, fazer verificação de dúvidas, além de ajudar muito nas suas revisões.

Garota segurando um lápis gigante. Ela está escrevendo em um caderno gigante. Ao lado dela há um copo de café gigante.

Revisões e questões

Aliás, falando nisso. Lembre-se de incluir revisões diárias e resolução de questões no seu plano de estudos, pois há muita coisa para estudar e manter tudo isso na mente é extremamente difícil. Sabe aquele momento da prova que você olha pra questão, sabe que estudou aquilo, mas na hora dá o maior branco? Isso acontece devido à curva de esquecimento, um processo natural do nosso cérebro, que pode ser perfeitamente driblado se praticarmos todos os dias e, desse modo, evitar as indesejadas situações de branco. Acostume-se a revisar todos os dias após finalizar cada sessão de estudos e também antes iniciá-la. Para compreender melhor como organizar suas revisões, não deixe de ler o artigo “A maneira mais eficiente de fazer revisões para o Enem”. Ele explica em detalhes como planejar suas revisões.

Resolver questões todos os dias é importante não só para consolidar o conhecimento do que foi estudado, mas também para facilitar sua vida na hora da prova. Afinal, você já imaginou que quanto mais você resolve questões, maior é a possibilidade de encontrar alguma parecida na prova? Pois é, isso é perfeitamente possível. Além disso, você acaba treinando não só os assuntos estudados, mas também a estrutura das questões. Ou seja, acaba condicionando seu raciocínio a compreender a lógica dos enunciados e, com isso, ganha tempo na hora da prova.

 Benefícios do plano de estudos

  • Organização;
  • Disciplina;
  • Motivação;
  • Concentração;
  • Foco;
  • Otimização do tempo.  

Mudanças são aceitas

O seu plano de estudos foi feito especialmente para você, para se adequar às suas necessidades, moldado de maneira a lhe ajudar a atingir os resultados de forma mais eficiente, por isso não há razão para você fugir dele. No entanto, você terá um ano inteiro de estudos pela frente, então em algum momento pode ser que você se canse e comece a perceber que seu plano de estudos não está rendendo. Mas, calma, isso não quer dizer que todo o seu trabalho de planejá-lo foi por água abaixo, isso indica que está na hora de reformulá-lo.

É fácil perceber quando o plano não está mais se encaixando com você quando você nota que está difícil cumprir as atividades propostas. O plano de estudos serve para que lhe ajudar a alcançar pequenas metas semanais ou mensais, mas se está complicado seguir, não perca seu tempo de estudo e reformule logo o seu plano de estudos. Portanto, faça alterações sempre que necessário.

Garota sentada com expressão de pensativa. Ela tem um computador a sua frente.

Então, agora ficou mais fácil compreender que o plano de estudos envolve muito mais do que organizar matérias e horários para estudar, não é verdade? Ajuste os seus estudos à sua rotina e certamente você alcançará a aprovação super rápido. Deixa aí nos comentários qual a sua experiência com plano de estudos e qual a sua dica para organizá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *