Garoto sentado com cara de desesperado mexendo em um computador que está sobre a mesa representando os erros que atrapalham a aprovação.

16 erros que atrapalham a sua jornada para a aprovação

São inocentes erros que atrapalham a sua aprovação. Eles podem estar na sua rotina de estudos manchando a sua jornada para aprovação e você nem estar se dando conta disso. Conheça 16 erros que te impedem de ser aprovado no ENEM, faça o teste e, ao final, conta pra gente como você se saiu.

Reclamar dos estudos

Estudar nunca será fácil, sempre haverá aquele assunto que não entra na sua cabeça ou que você odeia, mas que você vai precisar estudar de qualquer forma. Então, pare de reclamar, afinal você terá que passar por isso! O tempo que você perde reclamando é o tempo que você poderia estar usando para tentar finalizar aquela etapa e diminuir o sofrimento, já pensou nisso?

Usar o celular a cada 5 minutos

Garota usando camisa e calça comprida. Ela está em pé e de costas mexendo em um celular gigante.
Usar o celular enquanto estuda é um dos grandes erros que atrapalham a sua aprovação!

Em entrevista ao The wall street journal, Gloria Mark – professora de informática da Universidade da Califórnia, que estuda a distração digital – disse que, a cada interrupção, o cérebro demora 23 minutos para se concentrar novamente.

Ou seja, quando você tira sua atenção do estudo para o telefone (ou qualquer outra coisa), você reduz a sua capacidade de concentração e, consequentemente, tem queda no seu rendimento.

Só ler

Muitas vezes, nós estamos lendo o início de um parágrafo e nossa mente vai em outra galáxia. Desse modo, quando ela volta, nós já estamos no fim do parágrafo e perdemos tudo o que aconteceu no meio. Quem nunca passou por isso?

Então, vamos falar, mais uma vez, do nosso querido cérebro. Ele tem um pouco de dificuldades em se concentrar em tarefas lineares como a leitura. Então, se você quiser aproveitar ao máximo a fixação de conteúdo, você precisa fazer anotações daquilo que está estudando, construir diagramas (os famosos mapas mentais) e rever todo o material ao fim da sua seção de estudos.

Só assistir a videoaulas

Não cometa o mesmo erro do tópico anterior, jovem gafanhoto! Videoaula não é Netflix. Por isso, você precisa agir da mesma maneira que age com o estudo de texto: pause o vídeo, faça anotações e esquemas, escreva suas dúvidas para pesquisar em seguida. Desse modo, utilize as videoaulas como material de apoio aos seus estudos, utilizando-as juntamente com o livro-texto, e-books e exercícios.

Como estamos até aqui? Espero que não tenha marcado já todos esses erros que atrapalham a sua aprovação. Estou confiando em você, hein!

Confira dicas imperdíveis para estudar por videoaula.

Não praticar redação

Se você precisa fazer atividades de fixação para todas as disciplinas, com a redação não é diferente, afinal é preciso treino para se chegar à perfeição. Só escrevendo você saberá o que está errando, perceberá suas dúvidas de português, desenvolverá as técnicas de redação e as habilidades pedidas pelo Enem para obter a redação nota 1000.

Não fazer revisões

O nosso cérebro tende a esquecer o que estudamos à medida que o tempo passa. É a chamada curva de esquecimento, um conceito desenvolvido pelo psicólogo alemão Hermann Ebbinghaus.

Assim, esquecer é algo natural e todos estamos expostos a isso. Por isso, devemos fazer revisões constantes para ajudar o nosso cérebro a aproveitar melhor o que estudamos.

Garoto de calça jeans, camiseta e óculos sentado no chão encostado em sua mochila. Ele está segurando um lápis e lendo um livro que está apoiado sobre seus joelho.

Resolver poucas questões

Dos erros que atrapalham a aprovação, esse é um dos mais básicos. Afinal, é na hora de resolver questões que você descobre o que realmente aprendeu. Além de servirem para fixar conteúdo e simular a prova do Enem. Assim sendo, resolva muuuuuuuuuuitas questões! Há uma grande chance de você encontrar alguma parecida na sua prova.

Não simular o dia da prova

Reserve um momento no seu cronograma de estudos para simular o dia da prova. Dessa maneira, baixe alguma prova anterior, sente na mesa, desligue todos os aparelhos eletrônicos e resolva a prova sem interrupções, exatamente como será no dia.

É uma ótima maneira de testar o seu rendimento, quanto tempo você demora em cada questão/disciplina; entender como você lida com a fome e a vontade de ir ao banheiro; e aproveita para desenvolver técnicas de resolução de questões especialmente para a prova. Então, se você fizer isso, com certeza sofrerá bem menos com a tensão do dia da prova.

Não refazer as questões erradas

Lembra do que eu falei sobre a importância de se resolver questões para ter uma ideia de como está o seu entendimento do assunto? Pois é, aproveite esse momento para fixar conteúdo e sanar as dúvidas frequentes.

Para isso, não apenas cheque a resposta certa. Refaça a questão para garantir que você compreendeu o passo a passo dela. Quer outra dica? Marque as questões que você teve mais dificuldade para refazê-las no momento da sua revisão. É uma oportunidade de rever se você aprendeu mesmo aquele tópico e corrigi-lo a tempo do Enem.

Leia mais: Como revisar e resolver questões podem alavancar seus estudos para o ENEM.

Não alternar entre disciplinas

Nosso cérebro tem a capacidade de se concentrar por 50 a 60 minutos em determinada tarefa. Isso quer dizer que não adianta ficar bastante tempo numa disciplina só, pois você pode não apreender o bastante.

Alterne as disciplinas para obter melhor concentração e também para não deixar os conteúdos desnivelados. Afinal, todas as matérias têm uma carga muito alta de conteúdo e priorizar uma em detrimento das outras pode desestruturar completamente o seu cronograma de estudos até o Enem.

Não tirar dúvidas

Parece besteira, mas muito alunos simplesmente deixam passar as dúvidas que têm. Desse modo, algo mal compreendido agora pode gerar um grande prejuízo em alguma matéria no futuro. Fora a possibilidade de uma dúvida inocente ser aquela questão da prova, não é verdade?

Não planejar os estudos

O desespero de ver uma lista imensa de disciplinas e assuntos para estudar pode ser aliviado com um belo e organizado cronograma de estudos. Assim você consegue dar conta da sua vida e das suas tarefas escolares sem surtar e ainda consegue um método eficaz para não deixar nada passar.

Estudar somente o que gosta

Não tenho nem o que comentar desse tópico. O Enem não vai ter só as disciplinas que você gosta. Então, encare os estudos sem enrolação, afinal de contas – seja na faculdade ou seja na sua vida – você vai precisar ter um conhecimento amplo.

Não cuidar da saúde (física e mental)

Grupo de garotas fazendo alongamento.

Esse é um dos maiores erros que atrapalham a sua aprovação. Serão muitas horas sentado estudando por um ano inteiro, às vezes até mais de um. Focar é importante, mas você também precisa cuidar da sua saúde física e mental, afinal de contas atividade física auxilia na redução dos níveis de stress e favorece a concentração na hora de estudar.

E não adianta forçar, se não estamos física e mentalmente bem, nós não iremos render nos estudos. Então, respeite sempre as suas pausas diárias e o seu dia de folga. Seu corpo agradece.

Não ter vida social

Este tópico está relacionado ao anterior. É importante não exagerar no lazer, pois você tem uma meta para cumprir, mas você também não pode ignorá-lo. Saia para ver seus amigos e familiares, pois isso vai fazer bem para todos.

Não avaliar o desempenho

Não basta só estabelecer uma meta, você precisa checar o seu desempenho ao longo da jornada para avaliar como você está se saindo.

Observe as disciplinas e assuntos nos quais você está tendo mais dificuldade e reveja-os. Reorganize seu cronograma de estudos, veja se algo não está funcionando. Refaça o seu trajeto enquanto há tempo.

E então? Quantos erros que atrapalham a sua aprovação você marcou? Esse pode ser um bom momento para reavaliar a sua rotina de estudos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *