Corrigindo problemas pessoais inimigos do aprendizado

Fazer um autoanálise de tempos em tempos é necessário para corrigir problemas pessoais e evitar os inimigos do aprendizado.

Conhece alguém que pode achar esse conteúdo interessante? Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on pinterest

Muito se fala sobre a necessidade de se organizar um cronograma e de se fazer um planejamento periódico para acertar o que não está funcionando na rotina de estudos. Mas você já parou pra pensar que você também precisa fazer um autoanálise de tempos em tempos para corrigir problemas pessoais que podem estar prejudicando o seu aprendizado?

Pare e pense um momento. Será que o seu pensamento não está sendo um dos inimigos do seu aprendizado? Será que você está dando muitas desculpas para não estudar como deveria? Então, hoje, vamos refletir juntos para tentar corrigir os problemas e buscar soluções.

Gato com aspecto de cansado dormindo dentro de uma tigela.
Assim como o seu corpo, o seu cérebro também precisa de descanso.

Inimigo n°1: sono e cansaço

Essa é uma reclamação corriqueira dos estudantes. Bem, sono se resolve dormindo, certo? Sim, mas não é só isso. Ter uma boa noite de sono é, portanto, fundamental para render nos estudos. No entanto, se você pratica atividades físicas e se alimenta bem, terá menos sono, pois terá mais disposição e, consequentemente, ficará menos cansado.

Observe, também, se você não está exagerando nos estudos. Afinal, a mente também fica cansada se você dá uma carga muito intensa para ela e pouco tempo para que ela relaxe. É por isso que os momentos de pausa são tão importantes. Afinal de contas, assim como o seu corpo, o seu cérebro também precisa de descanso. Respeite seu corpo e suas pausas de estudo.

Então, resumindo: durma bem, alimente-se bem, faça atividade física e respeite seus momentos de parar. Se tiver dúvidas, não deixe de buscar por dicas de alimentação e saúde que todo estudante deve seguir.

Inimigo n°2: ansiedade, falta de método e de concentração

Ansiedade é mesmo um mal dos dias atuais e isso se deve, muito, à pressa que temos em fazer mil coisas ao mesmo tempo e de maneira desordenada. Assim, fica difícil focar em tantas matérias, tantos assuntos e, ainda, com um prazo tão curto pra estudar tanta coisa!

Seguir um método de estudos regrado ajuda a reduzir a ansiedade e a aumentar a concentração, pois você consegue cronometrar todas as suas atividades com base no tempo que você tem disponível.

Agora, se você é uma pessoa naturalmente agitada e fica impaciente por ficar sentando muito tempo, pesquise métodos de estudo que o ajudem a não ficar a maior parte do tempo parado. Dessa maneira, assista às videoaulas em modo mais rápido, ouça podcasts enquanto está no transporte público ou caminhando até algum lugar. Mas lembre-se de que é preciso manter o foco. Afinal, se você não conseguir ter atenção à videoaula ou ao podcast, é sinal de que fazer isso em trânsito não funciona pra você e de que é melhor tentar outro método.

Inimigo n°3: procrastinação e excesso de organização

Excesso de organização pode gerar a famosa procrastinação, se você é daqueles que espera a hora certa pra começar a estudar. Acredite, algumas pessoas esperam as horas cheias (11h, 15h, por exemplo) para iniciar o cronograma do dia. Ou seja, não começam a estudar às 10h48 se a programação estava prevista para às 11h. Assim, se sua preocupação é contabilizar os horários de maneira exata, use um cronômetro.

Buscando desculpas e culpados

Algumas pessoas funcionam a partir de outro tipo de tempo. Assim, acham que só devem começar a estudar quando o filho completar tal idade, quando conseguirem um emprego em que trabalhem menos horas, quando tiverem dinheiro para pagar um cursinho. Mas lembre-se que o tempo não para e a hora de começar é agora.

Não dê desculpas, não busque culpados externos. O único responsável pelo gerenciamento do seu tempo é você mesmo. Você não será reprovado no Enem porque trabalha ou porque precisa cuidar do seu filho, mas porque não estudou o suficiente.

O segredo está na organização. Pode ser que você não seja aprovado no primeiro Enem, mas aguarde mais um tempo e você certamente chegará lá no momento em que estiver preparado. Pode ser que você precise de mais tempo do que outras pessoas para alcançar a sua aprovação, só não esqueça que: para estar apto, é preciso começar a estudar.

Garoto com capa de super heroi voando pelo céu com um braço levantado e aspecto de confiança.
Excesso de confiança pode ser um problema se você começa a relaxar nos estudos.

Inimigo n°4: excesso de confiança e folga

“Qual o problema se acho que não tenho inimigos do aprendizado?” Ser excessivamente confiante torna-se um problema quando você começa a relaxar nos estudos por achar que já sabe o suficiente.

Se você já pegou o ritmo, continue se dedicando. Reduzir pode fazer você dar um passo atrás. De repente, aquele ponto que faltou para a sua aprovação poderia ter sido conquistado com um pouquinho mais de dedicação.

Faça sempre o seu melhor, mas não peque por falta ou excesso. É preciso ter equilíbrio, pois a vida não é feita só de estudo. Não deixe de dar atenção a sua vida pessoal, trabalho e família. Há tempo para tudo.

Inimigo n°5: dificuldade para aprender e medo de não passar

Se você sente dificuldade em alguma matéria ou acha que aprender determinado assunto é impossível, não se coloque para baixo e nem desista. Aceite que possui dificuldades e busque superá-las.

Se preciso, peça ajuda de amigos ou profissionais que possam compreender o seu problema. Com treino, persistência e força de vontade, você chegará lá. Você é capaz!

Homem deitado dentro de um barco com expressão de medo. Há papeis, lápis, um par de óculos e café derramado dentro do barco. No mar, vários tubarões circundam o barco.
Os tubarões representam os problemas pessoais inimigos do aprendizado.
Não se sabote! Você se dedica muito para ter bons resultados.

Inimigo n°6: enxergue suas qualidades, mas tente não se sabotar

Muitas vezes, o problema é justamente o oposto. Está tudo tão bem e dando tão certo, que você fica esperando a hora que vai dar errado. Você consegue seguir seu cronograma, não tem dificuldades de aprendizado e tem tido bom desempenho.

Se isso está acontecendo com você, sabe o que significa? Que você está fazendo um bom trabalho e que deve continuar assim. Não se sabote! Você se dedica muito para ter bons resultados.

E então, já fez a sua reflexão hoje? Planejar seu cronograma de estudos e fazer ajustes nele é muito importante. Assim como é imprescindível que você faça o mesmo consigo periodicamente. Então conta pra gente como vai a sua autoanálise, quem são os inimigos do seu aprendizado? Não esconda nada!

Mais conteúdo sobre o ENEM

Como organizar o local de estudo com o 5S?

Como organizar o local de estudo com o 5S?

Vida de estudante não é fácil, né? Se você tenta dar o máximo de si todos os dias e vê que o estudo não está rolando, pode não ser a técnica, mas sim o ambiente em que você está estudando.

Técnicas de estudo para o Enem
técnicas de estudo

6 técnicas de estudo para arrasar no Enem

Se você é uma pessoa que gosta de testar várias técnicas de estudo para o Enem, está no lugar certo! Pois com tantos conteúdos para dar conta, é importante você encontrar uma ou mais técnicas que para te ajudar na

Dá para estudar para o enem em 5 meses?
estratégias de estudos

Dá para estudar para o Enem em 5 meses?

O primeiro passo é ver o tempo como um fator positivo. Por isso, não pense que você tem APENAS 5 meses até a prova do Enem e sim que você tem MAIS 5 meses até a prova! E para aproveitar o máximo possível do seu tempo, você pode usar estratégias como…