Melhore o desempenho no Enem com o Ishikawa

Conhece alguém que pode achar esse conteúdo interessante? Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on pinterest

Você já ouviu falar no Diagrama de Ishikawa? Se você ainda não sabe o que é, calma que vamos te explicar direitinho. Essa ferramenta pode te ajudar a identificar alguns problemas que possam estar te atrapalhando na preparação para a prova mais aguardada do ano! Então, que tal conhecer um pouco mais sobre ele para aplicar na sua rotina e melhorar o seu desempenho no Enem?

Saiba como funciona o Diagrama de Ishikawa

O Diagrama de Ishikawa (chamado também de Diagrama de Causa e Efeito) foi criado na década de 60 por Kaoru Ishikawa. A técnica é uma ferramenta que ajuda a descobrir causas e efeitos de um problema! Portanto, pode ajudar você a encontrar a causa de um problema específico na preparação para o Enem! Para isso, você irá precisa desenhar uma espinha de peixe.

Primeiramente, pense no esqueleto, pois cada traço dele irá guiar seus passos até o o resultado final! Por isso, na cabeça, você vai definir o problema que você quer solucionar e, nas escamas principais, você irá escrever as causas mais impactantes ou mais prováveis pra esse problema existir. Já nas escamas menores, as causas secundárias, que poderiam ser deixadas de lado, pois elas não te atrapalham tanto como as causas principais.

Para ficar mais facil de entender a técnica do Diagrama de Ishikawa, dá só uma olhada no vídeo abaixo:

Diagrama de Ishikawa para melhorar o desempenho no Enem

Sendo assim, para fazer essa técnica japonesa e melhorar o seu desempenho no Enem, é importante você seguir os passos a seguir:

  • Defina o problema: Ele pode ser, por exemplo, uma disciplina específica que você tenha dificuldade de aprender. Portanto, agora que voce definiu o problema, você precisará entender as causas para que ele seja resolvido!
  • Crie o diagrama e marque o problema a ser resolvido: após definir o problema, é o momento de desenhar o esqueleto do peixe. Sendo assim, faça uma linha na horizontal e assinale o problema que precisa ser resolvido na cabeça do esqueleto.
  • Chame os amigos: nesta etapa, você pode reunir seus amigos para discutir sobre o assunto e levantar todas causas possíveis. Então, que tal marcar um encontro virtual?
  • Comece a desenhar a espinha de peixe: faça linhas para cima e para baixo, formando a espinha do peixe. Dessa forma, será possível você dividir as causas.
  • Veja se há outros fatores: adicione linhas horizontais nas linhas que você já desenhou. Por consequência, você irá escrever possíveis causas secundárias ao problema, que pode ser até mesmo dificuldade de concentração.
  • Agora é o momento de alinhar as ideias e traçar estratégias: depois que preencher tudo, você irá fazer uma análise geral e elaborar um plano de ação. Dessa forma, você conseguirá solucionar o problema detectado! Como exemplo: procurar outros materiais de apoio ou estabelecer uma nova rotina para melhorar a concentração, conforme o nosso exemplo.

Template grátis: Diagrama de Ishikawa

Monte o seu diagrama em um modelo preenchível! Para baixar gratuitamente o material, basta preencher o formulário abaixo:

Conheça outras técnicas para melhorar seus estudos

Use várias técnicas de estudo para e melhorar seu desempenho no Enem. Cada técnica tem uma função, por isso, ao usá-las, será possível otimizar seu tempo, identificar problemas, responder questões mais rápido, dentre outros pontos.

Além do Diagrama de Ishikawa, há diversas técnicas de estudos que você pode aplicar na sua rotina! Então, que tal conferir três técnicas abaixo que podem te ajudar nessa jornada?

  • Técnica do Pomodoro: ótima para manter a produtividade! O método é um ciclo composto de quatro momentos de 25 minutos de estudo + 5 minutos de pausa. Dessa forma, Você irá aprender a administrar o tempo de estudo e descanso para manter o ritmo;
  • Estude fazendo questões : assim você irá praticar o estudo ativo e, dessa forma, identificar suas dúvidas, treinar o tempo de resposta e fixar o conteúdo;
  • Mapas mentais: para visualizar bem o conteúdo você pode criar mapas mentais. Nessa técnica, você usa cores diferentes, abreviações, desenhos e muito mais!

E caso você queira melhorar ainda mais o seu desempenho no Enem, conheça mais técnicas no post : 6 técnicas de estudo para arrasar no Enem.

Faça análise de desempenho para arrasar na prova

Por fim, um dos problemas mais comuns é deixar para acompanhar o desempenho só perto da data da prova. Quanto antes você identificar seu pontos fracos, mais chances você terá para corrigi-los. Você pode descobrir seus pontos fracos analisando questões que você costuma errar e por meio dos gráficos de desempenho das questões!

Então, não perca tempo e comece logo a analisar seu desempenho! Aqui no planejativo, você terá acesso a diversos gráficos para saber como está seu desempenho por área, disciplina, assunto e sua evolução ao longo do tempo! Por isso, que tal se cadastrar gratuitamente para testar esse recurso por 8 dias?

Mais conteúdo sobre o ENEM

Saiba como estudar sozinho para o ENEM
cronograma de estudos

Saiba como estudar sozinho para o Enem

Estudar sozinho para o Enem precisa de dedicação e foco. Mas com um cronograma adequado ao seu perfil e boas estratégias você vai conseguir arrasar no Enem!

Como estudar para medicina sozinho?

Como estudar sozinho para Medicina

Sabemos que estudar sozinho é um desafio, mas você pode contar com várias estratégias para conseguir se sair bem na preparação para o Enem! Dá uma olhada no que você pode fazer na sua jornada para a prova:

Melhore o seu desempenho no enem com o digrama de Ishikawa

Melhore o desempenho no Enem com o Ishikawa

Você já ouviu falar no Diagrama de Ishikawa? Se você ainda não sabe o que é, calma que vamos te explicar direitinho. Essa ferramenta pode te ajudar a identificar alguns problemas que possam estar te atrapalhando na preparação para a